Friday, March 30, 2007

Tu és só tu sem mais que tu
Que seres só tu é mais que tanto
E brilhas no olhar do meu espanto.

2 comments:

Anonymous said...

é sempre belo
o poema que escreves
que encanta

beijinhos!
ideli

Rita said...

tantos anos, tantas paginas de trabalhos em comum, de recadinhos nas aulas e só agora descubro que és poeta...
És uma daquelas caixinhas de surpresas boas, que tem te sempre algo de belo para mostrar e oferecer!
Como queres que te cite? Com o teu nome ou com o nome do blog?
Adoro-te!
Beijo de saudade.