Wednesday, January 17, 2007

Dizes-me
Que escreva poemas
Que tens fome dos meus poemas
E eu digo-te
Tu és poema
E eu tenho fome de ti.

1 comment:

Sociedade, Tecnologia e Ciência said...

E eu digo-te...que adoro este poema pela simplicidade, epla paixão e pela sofreguidão..
:-)